Pacientes e familiares » O AVC » O que é o AVC?

AVC E COVID-19

Saiba a relação entre o AVC e o Covid-19.

10/12/2020

AVC E COVID-19

 

 

 

Vivenciamos um período nunca visto na humanidade. A Pandemia do coronavírus transformou costumes do mundo inteiro. Atingiu altíssimos níveis de contaminação e uma quantidade de óbitos muito grande, causando sofrimentos para milhões de famílias.

 

A COVID-19, causado por um novo coronavírus, denominado Sars-Cov-2, pode afetar diversões órgãos, entre eles o cérebro. Além disso, aumenta o risco de um AVC, por ser uma doença que promove a formação de coágulos pelo corpo, que pode ser potencializado pelo quadro inflamatório gerado pelo vírus. O AVC também pode ser a primeira manifestação da COVID-19.

Pacientes que apresentam  comorbidades como hipertensão, colesterol, diabetes e que tiveram AVC, tem apresentado mais risco de complicações, quando contaminados.

Independente se está relacionado ou não ao novo coronavírus, ao apresentar sintomas sugestivos de um AVC a orientação é ligar para o SAMU ou ir para o hospital. Entretanto, durante a pandemia está sendo comum as pessoas não procurarem o serviço médico por medo de se contaminar, chegando ao hospital muito tarde e muito graves, sem possibilidade de tratamento. No mundo todo, durante a pandemia houve uma redução de 50 a 60% dos casos de AVCs. Mas é importante ressaltar que o atendimento dos casos de AVC ocorre em local separado nos hospitais, justamente para que os casos de urgência continuem sendo atendidos e minimizar a possibilidade de contaminação.

                                    x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Este vídeo faz parte da palestra da SEMANA AÇÃO AVC (evento destinado a pacientes e familiares de AVC, promovido pela Associação AÇÃO AVC, proferida pela Dra. Sheila Martins,  MD, MsC, PhDRS, neurologista, professora FAMED UFRGS/HCPA; chefe Serviço de Neurologia e Neurocirurgia Hospital Moinhos de Vento; presidente Rede Brasil AVC; vice-presidente World Stroke Organization -WSO.