Aguarde. Carregando informações.

Ação AVC

Fatores de Risco

Conhecer os fatores de risco para o AVC faz-se essencial para prevenir a sua ocorrência. A prevenção reduz os custos especialmente em reabilitação e hospitalização. Essa prevenção deve ocorrer em todos os níveis de atenção, sendo a maior ênfase na atenção básica, alcançando principalmente aqueles que já tiveram um primeiro AVC e minimizando, dessa forma, riscos de recorrência e maiores morbidades em longo prazo.

A prevenção em saúde está fortemente associada ao conceito de fator de risco, pois possibilita o seguimento da população identificada de forma diferenciada e facilita o desenvolvimento de uma parceria entre os serviços de Saúde e seus usuários em torno do mesmo objetivo, ou seja, da eliminação ou da redução desses fatores de risco.

Pessoas que estão dentro do grupo de risco não modificáveis podem ser beneficiadas com maior atenção nos cuidados básicos de saúde. O grupo pertencente a riscos modificáveis precisa de incentivo e apoio para mudança de estilo de vida. Nos fatores de risco potenciais, o desafio é não permitir que estes se tornem um risco efetivo.

Dúvidas Frequentes

  • AVC ou Derrame Cerebral?

    O Acidente Vascular Cerebral, é também conhecido como Derrame, ou Acidente Vascular Encefálico (AVE). É importante saber que a busca da informação é necessário, para prevenir e para saber como agir em caso de que ele ocorra.

    Em nosso portal você pode ter todas essas informações e compartilha-las.

  • Quem poder sofrer um AVC?

    Todos nós podemos sofrer de um Acidente Vascular Cerebral por isso devemos nos prevenir, mas fique atento ao grupo de pessoas que são consideradas com fatores de riscos

    Grupo de risco não modificável

    • Idosos

    • Sexo masculino

    • Baixo peso ao nascimento

    • Negros (por associação com hipertensão arterial maligna)

    • História familiar de ocorrência de AVC

    • História pregressa de AIT

    • Condições genéticas como anemia falciforme

    Grupo de risco modificável

    • Hipertensão arterial sistêmica

    • Tabagismo

    • Diabetes Mellitus

    • Dislipidemia

    • Fibrilação atrial

    • Outras doenças cardiovasculares

    Grupo de risco potencial

    • Sedentarismo

    • Obesidade

    • Uso de contraceptivo oral

    • Terapia de reposição hormonal pós-menopausa

    • Alcoolismo

    • Aumento da homocisteína plasmática

    • Síndrome metabólica por aumento da gordura abdominal

    • Uso de cocaína e anfetaminas

  • Como posso saber se alguém está sofrendo de um AVC?

    Sinais de alerta do AVC

    O teste SAMU é uma maneira fácil para que todos possam lembrar e reconhecer os sinais de AVC:

    Sorriso – Peça para dar um sorriso. A boca está torta?

    Abraço – Pode levantar os dois braços?

    Música - Peça para cantar ou falar uma frase. A fala é arrastada? Ele entende o que você diz?

    Urgente – Se você identificar qualquer um destes sinais, Urgente ligue SAMU (192), ou vá imediatamente para um hospital preparado para atender casos de AVC. Pense rápido. Aja rápido. AVC é uma emergência médica!